Saberes e Práticas Fundamentais e Avançados para o Despertar da Consciência Integral – Saberes e Práticas Iniciáticas

Saberes e Praticas Fundamentais e Avançados para o Despertar da Consciência Integral – Saberes e Práticas Iniciáticas

Programa:

Módulos:

Módulo I – Saberes Essenciais Fundamentais e Avançados nas Práticas Integrativas e Iniciáticas (36hs)

1-  Teoria básicas relacionada a Práticas de Autodespertar, Terapias naturais: Sabedoria Original (Brahman Vidya – Sabedoria Oriental (incluíndo psicologia e espiritualidade – não religiosa) ou Sabedoria Perene / Conscienciologia, Psicologia e espiritualidade aplicada a cura (Budhichikitsa) – e Sabedoria Terapêutica: Tratamentos de Saúde (Chikitsa Vidya)

2- Fundamentos básicos e avançados para a formação de terapeutas / curadores (autodefesa psiquica, proteção, egregoras, elementos, elementais dos planos etérico, astral e mental, princípos universais, )

3- Anatomia sutil e Afins: chakras, nadis e meridianos, marmas, tsubos, corpos vibracionais, planos sutis, energias sutis (elementos sutis, prana, ki, chi, kundalini, fohat, shakti, etc)

4-  Fundamentos de psicologia para terapeutas e instrutores de práticas integrativas e iniciáticas

Mais Detalhes:

– Os Veículos da Consciência e Planos de Manifestação – A mente e seus níveis de manifestação (densa, sutil, muito sutil: 7 corpos)
– O ciclo da vida e da morte
– A lei da Evolução
– As sete grandes Leis Universais
– Os elementos sutis, Os Chakras, as Energias Sutis (avançado) – Os centros de energia/consciência – Conhecimento e domínio dos elementos e os chakras – ‘vibrações e centros de consciências que manifestam esses aspectos para concretização de objetivos materiais de prpósito superior, psíquicos e espirituais,
– Verdades convencionais e não convencionais
– A mente e seus níveis de manifestação (densa, sutil, muito sutil: 7 corpos)
– Roda da vida
– Conexão superior e conexão de proteção

– Espirito, Mônada, Alma, Alma Grupo etc
– Fundamentos da prática (ambiente interior e exterior, roupas, higiene, propósito, altar, relaxamento, visualização, reflexão da experiência)
– entendendo a meditação ativa (ou na forma) e criativa do guia ou Eu interior
– Contemplações de poder; mantras e palavras de poder: os símbolos
– Yoga do sonho: despertando a consciência no plano dos sonhos e preparando o despertar no plano de vigília
– yogas corpo de luz e corpo vajra
– Símbolos e Yantras de proteção e defesa
– Conexão com a egregora de proteção
– Sintonização com a alma: –  Conexão com a egregora de centramento, a alma
– sobre o Karma e o Dharma (mais avançado)
– Conexão com o ‘templo’ interior – nosso ‘ambiente’ interior ou sagrado
– Palavras de poder – mantras e afirmações contemplativas para concretização de objetivos específicos
– Formas de consciência superior (Deus, deuses, avataras, santos, anjos, Budas…), o que são etc
– O conhecimento e empoderamento das dimensões interiores (sefiras, templos ou portais interiores) e dos aspectos divinos – arquétipos com consciência superior

– O corpo, a personalidade, a mente, o Ego, a Alma, o Eu e a Consciência Plena — Consciente / inconsciente – os níveis de consiência: Os três aspectos do Ser – consciente, subconsciente, supra-consciente -Interação dos três Eus no mundo onírico

– O Eu, o Outro, o Mundo; a verdade relativa; as realidades experiênciadas e a realidade Absoluta

– Sobre a morte e o pós-morte

– A Sabedoria Perene e iniciática, as escolas e procedentes e A Sabedoria Iniciática: Sanátana Dharma, a verdade ou lei eterna – Os conceitos comuns da Sabedoria Perene e Iniciática:  A base dos conhecimentos para a mente meditativa ou desperta (Relação da sabedoria indiana com os conceitos correlatos chinês e tibetano (filosofia e prática) e conceitos similares de outras sabedorias antigas e iniciáticas)

– Entendendo a Teoria e práticas: Caminhos de Autodespertar, autorealização e Cura:  (Caminho da sabedoria – discernimento – conhecimento superior, Caminho da devoção, do amor, Caminho da ação – ação desapegada do ego, Caminho das ‘forças’: união ou harmonia das ou forças/ polaridades sol/lua – masculino e feminino, Caminho da Rede e União, Caminho do poder ou do princípio feminino) e seus paralelos com a sabedoria oriental que deu origem ao Bon, Budismo, Taoísmo e afins (Xamanismo – siberiano, tolteka, huna, druidismo, estudos da psicologia oriental e ocidental Junguiana, de Ken Wilber e outros, mitologia, teosofia, teurgia, Kaballah) – Tradição e transmissão

– Aplicação destes sistemas na atualidade – o ser humano e seu mundo em transformação

– Consciência Plena e Espiritualidade: Transformando energia em consciência

– Compreendendo: Autocosnciência, Integração do poder-sabedoria interior, despertar, libertação, Iluminação,  Autorealização, Paz e Plenitude Infinitas.

– Dharma, as conhecidas leis herméticas e os sete princípios que permeiam toda a vida:  A base para entender os propósitos da vida humana (Mentalismo – tudo em tudo;  Dimensões (correspondência) Atemporalidade;  Insubstancialidade (vibração – som, luz e forma); . Interdependência, (não-eu, vacuidade, plenitude) – inferência – polaridade; Impermanência – ritmo (insatisfatoriedade 9 maneiras); Mecanismo de causa e efeito – karma; . Gênero: energia e consciência

Módulo II – Saberes Essenciais e Avançados nas Práticas Integrativas e Iniciáticas – Aprofundamento: (30hs)

(obs: esta parte corresponde ao que se tornou mais oculto dentro das ciências iniciáticas, Yoga e Tantra original, Sabedoria Egípcia, Taoísmo esotérico (=interno e não o exoterismo = externo), Druídica, etc
– Cosmogenese: O processos de Manifestação, Autoconsciência e Autorealização – Cosmologia (Maya, samsara, nirvana, origem do universo, a unidade, planos de existência, polaridade, manifestação) – Logos, Ciclos de involução e evolução: Sistema, Cadeias, Rondas, Globos, – Hierarquias superiores – Arquétipos
– A fonte de toda energia (as mascaras de Deus): os arquétipos
– Entendendo a verdadeira ‘Fraternidade Branca’ ou Confraternidade Cósmica e Universal e o plano evolutivo
– Antropogênese: O seres humanos, ‘Raças raízes’ (Adâmicos, Hiperbóreos, Lêmurianos, Atlantes, Arianos,etc), ‘subraças’, famílas raciais etc (sobre os ‘tipos’ humanos conforme origem)

– Mestres das fontes da Sabedoria Iniciática
– A História das religiões e as linhas de sabedoria iniciática – As crenças modelando realidades – básico sobre a morte e o pós-morte (morte como conselheira)
– Dimensões da consciencia
– Sobre as iniciações espirituais
– Iniciação
– A Mente e seu domínio. Em busca do verdadeiro poder: O poder da mente – Krya Shakti
– As Sete Tônicas, 7 Raios e 7 forças/poderes (Shaktis)
– Os Propósitos coletivos e individuais
– Teurgia – Sintonização superior, símbolos, chaves iniciáticas – domínio da arte de sintonização – pujas ou ritualísticas (conexão com as consciências e energias/forças/poderes superiores – internos e cósmicos)
– os 7 fundamentos para Teurgia
– O poder dos símbolos e arquétipos – A fonte de toda energia (as ‘mascaras’ de Deus) : os arquétipos
– Sintonização-conexão com as hierarquia dos raios – O conhecimento e empoderamento das consciências e poderes cósmicos
– Bases da  Astrologia Esotérica ou Astrosofia
– Taumaturgia – ativando o poder de cura (básico)

– Sobre o verdadeiro Amor, o Amor altruísta, a entrega ao nosso verdadeiro Eu, a Unidade e a Totalidade.  O conceito de amizade, fraternidade é muito importante no Caminho Sagrado. O conceito de “amizade espiritual” dentro da vida comunitária, aplicável tanto aos relacionamentos entre professor e aluno, como entre os que se apoiam no Caminho. “Bom amigo”, “amigo virtuoso”, “nobre amigo” ou “amigo admirável” (Kalyana-mitta,-mitra).  

(pré requisito: Modulos I)

Módulo III – Saberes Essenciais e Avançados nas Práticas Integrativas e Iniciáticas – Aprofundamento: (30hs)

-A Sabedoria da Não Dualidade. Seu propósito é reorientar a mente e as emoções para uma percepção mais real e verdadeira de si mesmo, da vida e do mundo, para que se possa vivenciar a Realidade do Ser, da Alma e do Espírito ou Consciência Universal, a Verdade Única, que é pré-existente e imutável.

– o Absoluto (Brahma – Ser-Consciência-Beatitude – sat-chit-ananda- ) ,  sua imutabilidade, a infinitude e insubstancialidade,
. a  Realidade, a irrealidade do mundo (e de toda a ‘criação’), o poder da ilusão (maya).
.  A negatividade da criação, a não existência do “externo ou outro” ou “diferente” do Absoluto.
. A transitoriedade, a limitação e a  irrealidade do mundo, dos fenômenos e dos seres.
. “a alma individual (jiva) – apesar de ser parte do mundo ilusório –  não é diferente do absoluto“.
. a “testemunha” que há por trás da  (a Consciência) alma individual
. a ilusão, ou ignorância espiritual, não é real, mas apenas uma falsa-percepção
. Maya (ilusão cósmica) como causa do surgimento do universo
. Avidya (ignorância individual) como responsável por o Absoluto Ser parecer ser uma multidão de almas individuais (jivas).
.  “Através da ação inexplicável da ignorância, o Absoluto ou Eu Real (Brahman ou Atman), cuja natureza é Ser-Consciência-Beatitude, encontra-se preso em um complexo corpo-mente, acreditando-se e vivendo como se fosse um ser limitado e individual, enquanto que na verdade é apenas existência impessoal e eterna.”
.  sonho, engano e miragem de tudo que existe.

– O obstáculo principal à liberação da alma (moksha ou mukti): a  falsa identificação do eu com o corpo-mente –  a ilusão de que o corpo-mente é “eu” ou “meu”, que estamos circunscritos a ele.
. a remoção dessa ilusão obtida pelo processo inverso de “des-superimposição”. Para isso o aspirante à iluminação deve desenvolver as seguintes características:
. Discernimento espiritual (viveka): saber separar o Real do irreal, o eterno do transitório, e ter a convicção de que apenas o Absoluto é real e tudo o resto é ilusão;
.  Desapego: (vairagya): não desejar nada, nem neste mundo nem em vindouros. Não buscar a felicidade em nada que não seja o Eu Real;
.  Seis virtudes: serenidade, autocontrole, cessação das atividades, equanimidade, concentração mental, e confiança (nos ensinamentos sobre a Realidade);
.  Desejo forte pela libertação (mumukshutva): desejar iluminação de forma equivocada, como se isso fosse realmente a exclusão de todo o ‘resto’.
. refletir sobre a Realidade (o Absoluto)  até convencer-se completamente do seu conteúdo (manana) e meditar sobre ela (nididhyasana) até que a ilusão de ser um corpo-mente desapareça (samadhi).
. rejeitar a atenção a qualquer coisa que não seja o Eu Real, através da prática neti, neti, que literalmente significa “não isto, não isto”. Também, através da repetição das chamadas “grandes frases” (mahavakyas), eliminar a falsa impressão de que somos uma personalidade ou individualidade e descobrir nosso verdadeiro ser.

(IPII) Módulo IV – Saberes para o programa de pratica do caminho sagrado (30hs)

  1. Métodos aplicados nestes sistemas: Meditação, asanas, movimentos psicofísicos energéticos, uso de ervas, visualizações, sintonizações, sugestões, afirmações, mantras  e outros.
  2. – Os fundamentos da prática:
    . Propósito: iniciativa, vontade e disciplina; Concentração e imaginação; Convicção: receptividade e trabalho incondicional – Fé; Senso de unicidade e interdependência. Amor etc.
  3. –  Práticas externas ou preparatórias: -Ética – desenvolvendo virtudes: – disciplina – antídotos para os condicionamentos individuais e sociais, – autodomínio – Padrões comportamentais internos e externos para autopurificação. B-Despertando e direcionando energia: – as posturas psicofísicas que conferem firmeza e estabilidade ao corpo e à mente, – Controle e expansão da energia vital, prana.
  4. . Praticas Internas ou meditativas: – Controle da mente: Pratyahara – Libertação da mente do jugo dos sentidos e das formas externas, estado de relaxamento profundo e consciente, preparatório para a meditação, Dharana – Atenção extrema, ou concentração, D-Transcendendo a mente: Dhyana – Concentração extrema, ou meditação. Enfim o ápice da atenção, Samadhi – Iluminação ou a manutenção desse estado de pura consciência (dharana, dhyana e samadhi= samyama)
  5. – A estrutura da mente e os mecanismos de identificação. Padrões mentais, . A plena atenção, estar presente no agora .
  6. – Tipos de meditação: Meditação reflexiva, contemplativa e estabilizadora: (vipassana, samatha)
  7. – Sobre a Mente: a estrutura da mente e seus mecanismos de identificação.
  8. – Métodos de despertar –
  9. – Os sete compromissos do caminho do despertar
  10. – processo do despertar – As virtudes da mente
  11. – Métodos de Meditação, domínio e transcendência da mente
  12. – As qualidades essenciais da prática de compreender a mente
  13. . Os poderes da prática de integrar a mente
  14. . Os poderes da prática de libertar a mente (os  poderes do discípulo)
  15. .  Os obstáculos da meditação
  16. – As práticas do libertar a mente
  17. – As duas dimensões do Ser: O manifesto, O Não-manifesto

Práticas Individuais ou Grupos:  Práticas Mente-Alma – : (48hs)

– Treinamento: técnicas de respiração e relaxamento (pranayama yoga), Técnicas meditativas de despertar e cura / visualização diretiva (Brahman raja yoga), imaginação ativa, mantras e sons (também o uso da musica), visualizações de despertar

Total: 200 horas – sendo 174 horas + 26 horas trabalho final

Comments are closed